Me on A Song

Dia cinza mas com sol hoje. Conversas congestionadas, pessoas escorregadias.

Dias assim eu curo com música alta. Hoje é quarta-feira ainda, e tem queima de fogos em Barueri pelo dia de São João. Renato Russo me ganha com as palavras:

“Acho que você não percebeu
Que o meu sorriso era sincero
Sou tão cínico às vezes
O tempo todo estou tentando me defender.”

Fábrica me mata só no solo, pra quando chegar a letra não restar mais nada. Mesmo conhecendo todas as músicas do Legião e de tê-las ouvido milhões de vezes, Fábrica e A Canção do Senhor da Guerra conseguem me paralisar toda vez.

– Cante mais

De onde vem a indiferença temperada a ferro e fogo? Quem guarda os portões da fábrica?

Aceite o desafio e provoque o desempate
Desarme a armadilha e desmonte o disfarce
Se afaste do abismo
Faça do bom-senso a nova ordem.

Anúncios

2 comentários em “Me on A Song

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s