Top 10 hot lines “Turn on the bright lights” – Interpol

10. “She says brief things, her love’s a pony, my love’s subliminal” (“Leif Erikson”)
Ok, nenhuma dessas sentenças são realmente o que se pode chamar de puta-que-pariu-quero-esse-cara-no-meu-quarto-agora—mas juntas, são clássicas de Interpol. “She says brief things”—ok, eu concordo que pode ser legal. “Her love’s a pony”—uh, todo mundo gosta de pôneis. “My love’s subliminal”—oh, OK. Isso explica tudo.

9. “This is a contest, this is a bracelet, this isn’t no intervention” (“Say Hello to the Angels”)
Eu preciso admitir que meu coração foi partido com a idéia de intervenção, mas fui resgatada pelo conceito e pelo bracelete.

8. “”Well she was my catatonic sex toy love-joy diver” (“Stella Was a Diver and She Was Always Down”)
Essa é a faixa mais coração-rendido de uma não-música-de-amor this—um profundo ode para stella, Paul Banks’s “catatonic sex toy love-joy diver”. Agora catatônico é uma prioridade para meus pretendentes, mas talvez Stella fosse só um brinquedo sexual bom.

7. “The subway, she is a porno” (“NYC”)
não é a relação de metrô / pornô que me deixa idiota sobre essa, é a referência a metrô como “ela”.

6. “He severed segments secretly, you like that”
HA HA C’mon now, pussycat

5. “”I feel like love is in the kitchen with a culinary eye / I think he’s making something special and I’m smart enough to try” (“Obstacle 2”)
Ah cara, essa é um monstro. O cara personifica o amor como um chef “with a culinary eye”. (“I feel he’s making something special and I’m smart enough to try”—sexy!).

4. “”I’m gonna pull you in close / Gonna wrap you up tight / Gonna play with the braids that you came here with tonight” (“Obstacle 2”)
Banks tá tentando ser um predador sexual aqui? Eu acho, eu espero que “pull you in close” (puxar você pra perto) e “wrap you up tight” (abraçar você apertado) seja meio sexy, mas “with the braids that you came here with tonight” wtf cacete q. Garotas não são sensitivas com tranças. Mas de qualquer forma o que vem depois aumenta totalmente os pontos >>>

4. I’m gonna hold your face, and toast the snow that fell (“Obstacle 1”)

2. “Because friends don’t waste wine when there’s words to sell” (“Obstacle 2”)
No kidding? Huh.

1. “I wish I could eat the salt off your lost faded lips” (“Obstacle 1”)
Eu queria comer o sal dos seus lábios fracos e perdidos. Ele podia até lamber, não comer isso. Cara, ninguém come sal. Ele parece um maníaco sexual.

Eu poderia falar de Narc e The Scale, mas vou ficar só no Turn On The Bright Lights mesmo.

Anúncios

3 comentários em “Top 10 hot lines “Turn on the bright lights” – Interpol

  1. The line: “I feel like love is in the kitchen with a culinary eye, I think he’s making something special and I’m smart enough to try” Could be a reference to the beginning line of Twelfth Night by Shakespeare, which goes: “If music be the food of love, play on.” (thanks, Alan – Harpenden)

  2. Aham, Camila, todos sabemos que Caleb Followill e seus gemidos e sussurros são bem mais hot hot que Interpol.

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s