Whatever works

Queria conseguir resumir em um post o que se tornou minha vida desde 2008 até agora. E, sendo sincera, se é para desejar qualquer coisa, queria um super-poder logo de uma vez, tipo voar. A invisibilidade eu ainda vou conseguir sozinha.

“…e que você não sabe que tem, porque não está em nenhum dos filmes de Woody Allen, é um mundo dos mortos construído nela, um verdadeiro temor do Céu, uma necessidade automática de invocar a presença de Deus sempre que se disser algo bom ou ruim sobre qualquer pessoa ou coisa, uma crença absoluta de que o outro mundo, se alguém pudesse chamá-lo assim, não está separado deste.”

É Boris, o problema é que talvez eu não seja um gênio realmente, e nem tudo funcione para mim. Nem o que eu realmente acho que funcionaria.

Anúncios

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s