E então eu encontrei meu Coringa

Tenho lido o que você escreve há algum tempo, e é claro você sabe disso. Não porque quero fofocar ou whatever, o que quer que você ache. Tenho lido porque na época em que aconteceu, enfim, tudo, descobri você por pessoas que me contaram que você escrevia coisas. Provavelmente sobre mim. Nem tenho certeza se o que você escreve é realmente para mim, e o que escreveu também. Mas senti necessidade de escrever, porque fui eu que tentei te seguir no twitter, eu que me ofereci para te adicionar no orkut, quando você me seguiu. Fui eu que comentei uma vez tentando descobrir o que realmente aconteceu, porque raios eu sou a responsável por tanta coisa que te aconteceu. O tempo passou. Eu te provoquei, você me provocou, mas agora não faz diferença. Não estou rindo com ninguém e dizendo o quanto você parece fraca. Não sei o que aconteceu até hoje, não acho também que você me deva desculpas. E se estou equivocada e nada disso tem a ver comigo, me desculpe pela prepotência. E se tem a ver, não quero realmente desculpas. E se você encontrar alguém pior que eu, não se esqueça de mim, porque eu tenho necessidade de ser a melhor em tudo, até melhor inimiga.

Joker – Oh, you. You just couldn’t let me go, could you? This is what happens when an unstoppable force meets an immovable object. You are truly incorruptible, aren’t you? Huh? You won’t kill me out of some misplaced sense of self-righteousness. And I won’t kill you because you’re just too much fun. I think you and I are destined to do this forever. I had a vision, of a world without Batman. And it was so… boring.

Coringa – Oh, você. Você simplesmente não podia me deixar ir, não é? Isto é o que acontece quando uma força impossível de se parar encontra um objeto imóvel. Você é verdadeiramente incorruptível, não é? Huh? Você não vai me matar de alguma forma equivocada de auto-justificação. E eu não vou te matar porque você é divertido demais. Eu acho que você e eu estamos destinados a fazer isso para sempre.[…] Eu tive uma visão, de um mundo sem Batman. E era tão… chato.

Anúncios

4 comentários em “E então eu encontrei meu Coringa

  1. HAHUAHUHUAUHU esse post eu entendi, aham.
    Vem cá me ver, Camila, to com saudade.

  2. Se eu te disser que vou te ver nas minhas férias, você acredita? Até porque você estará aqui.

    Credo, Ana. Você deixa meu blog menininha.

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s