Kids

You were a child
Crawling on your knees toward him
Making momma so proud
But your voice is too loud

Não sei muito bem qual é o problema das crianças comigo, mas elas adoram me encarar. Pois é. Fico pensando se é porque eu tenho essa minha linda face jovial de nove anos ou porque eu não sorrio para elas e então elas tentam me provocar, porque é incrível a raridade com que eu cruzo com crianças e elas não me encaram ou falam comigo. Claro que tem vezes compreensíveis, já que é inevitável você andar por ai com uma camiseta do superman e não chamar atenção de uma criança. Mas hoje eu estava vestida com uma camiseta normal, apenas com listras e um garotinho do colo da sua mãe me encarou no trem. O engraçado foi que ele não expressou nada, só me olhou. Eu até dei um sorrisinho sem graça, mas ele se limitou a me olhar. E foi no final da viagem quando eu cheguei em Osasco que eu ganhei meu dia: como se fosse um grande amigo meu de longa data, ele disse com aquela voz doce que só as crianças têm:

– tchau.

E eu respondi.

– tchau.

Anúncios

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s