“O homem está condenado a ser livre.

Condenado porque não se criou a si mesmo, e como, no entanto, é livre, uma vez que foi lançado no mundo, é responsável por tudo o que faz”. Sartre.

Você está trancado em situações que apresentam oportunidades limitadas? Você já pensou em decisões contrárias para mudar essas circunstâncias? Você passivamente toma seu café da manhã de uma seleção limitada de alternativas que lhe são apresentadas, em vez de usar sua imaginação para criar uma ampla gama de possibilidades? Sua vida está limitada pelas auto-impostas limitações que resultam em escolhas insatisfatórias ou destrutivas? Já explorou estratégias para remover estes entraves para que você possa fazer escolhas verdadeiramente livres?

A liberdade é um conceito interessante. É uma liberdade que nos mantém presos. Se sabemos ou não temos limitações. O que quero dizer é que nossa imaginação tem limites. É como um amigo me disse, podemos imaginar uma cor que não existe? Não dá. Estas foram cores instaladas em nós lentamente. Há uma série de coisas que nos influenciam e estabelecem limites. Nós nos tornamos abertos. Abertos a limites. Nós estamos condenados.

Anúncios

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s