Camila sem Fronteiras

Muitos já sabem, mas acho necessário escrever sobre uma das melhores coisas que me aconteceram nos últimos tempos. Me candidatei ao programa Ciência sem Fronteiras do governo federal, e sim, passei!

Não era um coisa que eu achava que conseguiria, até porque quem me conhece sabe que não sou a maior das CDF’s. Mas para minha surpresa, vou para o Canadá, para a Universidade de Toronto (não queria parecer esnobe, mas é a número 15 do mundo *chorando*).

Quando fiz o IELTS (teste de inglês necessário para provar a proficiência no idioma) não tinha a menor idéia para onde ia, ou o que ia acontecer comigo. Só tive uma certeza: não custava tentar (ok, foram todo meu salário 400 reais para fazer a prova, mas mesmo que eu não fosse para o programa serviria para medir meu inglês, já que me recuso a fazer um curso) já que parecia uma coisa bem legal estudar no exterior por um tempo depois de ver meu namorado (não é vingança, ok B.) e uma amiga irem pelo programa também. Como previsto, estudei muito pouco para a prova, mas consegui ainda uma nota boa, 6.5 de 9. Mal podia acreditar, até porque me enrolei toda na parte de Listening e Writing, e ainda errei no gabarito algumas respostas de Reading! Nunca fiz curso de inglês, apenas tenho o que aprendi na escola pública, o que prova que dá sim pra tirar uma boa nota no IELTS.

O outro capítulo dessa história era escolher pra onde ir. Eu estava entre Canadá, para onde minha amiga foi, Reino Unido, que deve ser fantástico e é claro Estados Unidos. Acabei escolhendo o Canadá, primeiro por parecer mais fácil (com 4.5 no IELTS dava para passar), segundo porque de lá eu poderia visitar os Estados Unidos nas férias, e porque lá pelo menos eu teria alguém que eu conhecia. Não vou para a mesma faculdade que minha amiga mas é bom saber que tem pelo menos alguém que você conhece no país que você está. Achei que foi uma boa escolha, até porque muita gente que participa do programa diz que é tudo muito difícil e burocrático, mas eu achei tudo bem fácil até agora e bem claro, o que provavelmente sejá mérito do CBIE, órgão do canadá que é responsável por alocar os candidatos nas faculdades de lá.

Depois de algumas semanas da candidatura, recebi o email do CBIE me informando que fui aprovada e agora precisava preencher um formulário. Além dos meus dados, precisava escolher três universidades para me candidatar. Ai fiquei com medo. Eu queria escolher, é claro, as três melhores universidades do Canadá. Mas e se eu não fosse aprovada por nenhuma das três com meu 6.5 do IELTS e uma média global na faculdade de 7.8? Eu nunca fiz iniciação cientifica e nem tenho prêmios de olimpiadas, nada parecido. Então um amigo meu que está no Canadá pelo programa me disse que se eu não fosse escolhida por nenhuma das três eles me alocariam em uma de acordo com minhas notas, assim como ele foi. Então coloquei como opções, nessa ordem, University of Toronto, McGill University e McMaster University. Depois de algum tempo entrei em um grupo no facebook de candidatos para o Canadá, e segundo eles quem aplicou para Toronto e McGill era muito corajoso, pois além de serem difíceis, demoravam muito para responder, podendo até prejudicar o candidato que se não fosse aceito, não teria tempo para ser alocado. Não vou dizer que depois me arrependi um pouco das minhas escolhas, mas não tinha o que fazer agora. Aliás, não recomendo muito entrar nesses grupos se você for se candidatar. Os caras deixam qualquer um nervoso, inventando a cada momento um novo documento, um novo procedimento que você deveria ter feito e não fez. A única coisa desses grupos que pode ser boa é já fazer amizades para quando você estiver lá.

No final, realmente a Universidade de Toronto me deixou bem nervosa. Foi uma das últimas a mandar as cartas de aceite para os candidatos, mas eu fui um deles no final. Agora é só esperar a carta da Capes/Cnpq dizendo que irá me bancar para tirar o visto. E em Setembro voar.

Ainda estou dentro das fronteiras do Brasil, faltam alguns detalhes e setembro chegar. Mas já estou feliz como se estivesse lá. Em época de eleição, estão falando muito mal do programa é claro. Mas pra mim, que já fui beneficiada pelo ProUni, o Governo Federal ofereceu mais uma oportunidade a estudantes de graduação, assim como ampliou as possibilidades da pós. Uma das poucas vezes que vemos que o estudo tem recompensa. O programa teve e tem muitas falhas. Mas ampliou a visão de mundo de muita gente (eu me incluo) e fez com que não fosse só sonho sem fronteiras, mas camila sem fronteiras.

Anúncios

9 comentários em “Camila sem Fronteiras

  1. Eu tou tentando fazer os exercícios deles, e realmente nao consigo acertar nada… Mesmo sem você ter estudado, você já tinha boas habilidades pro inglês, não é? ‘-‘

  2. Jucieny, a prova foi tranquila, só dá um pouco de nervoso porque voce tem que conversar com um nativo sozinha. Ele vai te dar um tema e voce vai ter uns 5 minutos para pensar no que vai falar, dai voce responde algumas perguntas.

    Quanto aos simulados da internet, eu também nao tava mandando muito bem hauhauhua mas consegui. Eu sei entender bem ingles, meu problema é no speaking, eu to sempre travando :/

  3. Digamos que, eu tb tinha ate inicio do ano um inglês de escola.. Eu so sabia menos que o básico, ou seja, tinha um pouco de vocabulario mas não tinha gramatica. Hoje depois de estudar um pouco eu ja sei escrever sentenças e tenho noçao de conjulgar os verbos nos tempos de maneira correta.. ‘-‘ mas eu fiz tudo isso estudando sozinha, nao pratiquei nada de speaking.. e meu listening tb nao é mt bom.. u-u”” enfim.. Eu me inscrevi ontem pro IELTS preciso de 4.5 no overall e-e pra ir pra Irlanda.. D:

  4. Aaa voce vai conseguir, 4.5 é fácil de conseguir! Pega um modelo das provas no site do ielts, tenta fazer tudo porque é sempre o mesmo padrao, se voce pegar o jeito vai ir bem na prova.

  5. Camila, como posso achar seu facebook? Queria tirar umas duvidas sobre o Csf

So what?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s